Tribunal de Espinho julga burlas de 750 mil euros a companhias de seguros

7 09 2010

O Tribunal de Espinho julga, a partir de hoje, na Nave Desportiva daquela cidade, 43 pessoas acusadas de simularem acidentes, causando prejuízos a seguradoras superiores a 750 mil euros.

A escolha do local deve-se ao número elevado de arguidos, que impossibilitaria o julgamento nas exíguas salas de audiências do Palácio da Justiça.

Cinco seguradoras constituíram-se assistentes num processo que vai a tribunal na sequência de uma investigação da PSP que concluiu que os suspeitos estariam envolvidos num esquema para simular 138 acidentes de viação, entre 2000 e 2006.

A rotunda de Santo Ovídio, em Gaia, era um dos palcos privilegiados de atuação do grupo, que seria liderado por dois donos de oficinas de automóveis e um empregado de stand.

O modo de atuação era diverso, indo desde a invenção de colisões – que só existiam nas participações às seguradoras – a embates combinados com viaturas que já tinham peças deterioradas ou que eram danificadas antes para dar a imagem de um acidente de maior impacto.

Noutros casos, os suspeitos iam circulando em determinados locais, nomeadamente rotundas, até terem a possibilidade de provocar um acidente com veículos cujos proprietários nada tinham a ver com o esquema.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: