Autarquias atravessadas por A 41 e A 42 vão interpor uma acção judicial contra o governo para impedir introdução de portagens

7 05 2010

Os municípios de Lousada, Felgueiras, Paços de Ferreira, Paredes, Valongo e Maia vão para tribunal para impedir a introdução de portagens na A 41 e A 42.

Depois de uma reunião mantida esta manhã, os seis presidentes de câmara anunciaram que vão interpor uma acção judicial para impedir a introdução de portagens.

O anúncio foi feito pelo porta-voz dos autarcas, Jorge Magalhães, que explica que é hora de dizer basta e só através dos tribunais poderão obter resultados justos. 

Jorge Magalhães lamentou ainda que o governo tivesse tomado uma decisão desta natureza sem consultar  os actores locais. O autarca diz que o governo tratou de forma indigna os autarcas e as populações do Grande Porto.

Sobre a reunião que os autarcas tiveram esta semana com o secretário de estado das obras publicas, Jorge Magalhães diz que se tratou de mais um fait-divers.

O Governo aprovou, ontem, em Conselho de Ministros, o decreto-lei que permite a cobrança de portagens nas SCUT. O documento segue agora para promulgação do presidente da República, enquanto os autarcas contestam.

Jorge Magalhães não tem grandes esperanças que o Governo recue até lá, mas garante que os autarcas vão lutar até às ultimas consequências para que se faça justiça na região.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: