Utentes da linha do Alentejo entregam petição na Assembleia da Republica contra suspensão da circulação entre Évora e Lisboa

28 04 2010

A comissão de utentes dos comboios Intercidades da Linha do Alentejo vai entregar, esta tarde, uma petição na Assembleia da República na qual apela à intervenção dos deputados para que não seja suspensa a circulação na linha entre Lisboa e Évora, anunciada para o próximo mês.

Depois de terem viajado no Intercidades com uma camisa preta onde estava escrita a mensagem “Próxima paragem: estragar a sua vida”, como forma de protesto, os utentes avançaram para a petição na qual consideram que o autocarro “não é transporte alternativo” pois, para além dos horários diferentes, é susceptível de “sofrer atrasos, em função do trânsito”.

Recorde-se que a exploração ferroviária nos 32 quilómetros do troço entre Bombel e Évora será suspensa “durante um ano”, a partir do início de Maio, para realização de obras.

O custo previsto da empreitada é de 48,4 milhões de euros e inclui a electrificação da linha, tal como a rectificação de curvas, instalação de sinalização electrónica e desnivelamento de passagens, integrando este troço no eixo ferroviário Sines/Badajoz.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: